Saltar para conteúdo

Registo de substâncias químicas pela indústria

Existem milhares de substâncias químicas diferentes no mercado. As que são utilizadas na Europa em quantidades superiores a uma tonelada devem ser registadas para que possamos saber mais sobre o seu potencial impacto na nossa saúde e no ambiente.

A indústria química converte matérias-primas, como petróleo, gás natural, ar, água, metais e minerais, em milhares de produtos diferentes. A produção global de substâncias químicas aumentou de um milhão de toneladas em 1930 para várias centenas de milhões de toneladas atualmente. 

O número exato de substâncias químicas colocadas no mercado ainda é desconhecido, e são introduzidas todos os anos muitas substâncias novas.

O Regulamento REACH, a legislação da UE em matéria de produtos químicos, exige que as substâncias químicas fabricadas ou importadas na União Europeia ou no Espaço Económico Europeu em quantidades superiores a uma tonelada por ano sejam registadas. A ECHA prevê que sejam registadas cerca de 30 000 substâncias químicas em 2018. As empresas devem fornecer informações sobre as substâncias químicas que produzem e utilizam, as suas propriedades perigosas e a forma como podem ser utilizadas em segurança. Desta forma, podemos saber mais sobre o seu potencial impacto na nossa saúde e no ambiente. Muitos destes dados estão publicados no sítio Web da ECHA.

Siga os registos das substâncias químicas!

Este mapa mostra-lhe o número de registos que a ECHA recebeu de diferentes países. Pode observar em que países as substâncias químicas são produzidas ou importadas na União Europeia/no Espaço Económico Europeu e quais são as substâncias químicas registadas mais habitualmente. 

Na UE, a indústria química tem um valor superior a 500 mil milhões de euros por ano. Emprega diretamente 1,2 milhões de trabalhadores e cerca de 3,6 milhões de pessoas trabalham em setores que utilizam substâncias químicas. 

Saiba mais


Route: .live2