Saltar para conteúdo

Conheça os seus equipamentos eletrónicos e as substâncias químicas que contêm

Os dispositivos que tem em casa, como telefones, computadores, tablets, televisores, consolas de jogos e pequenos eletrodomésticos de cozinha, são constituídos por centenas de componentes e milhares de substâncias químicas.

Algumas substâncias químicas presentes em equipamentos eletrónicos são tóxicas, por exemplo, metais pesados, retardadores de chama, agentes antiestáticos ou amaciadores de plástico. Mas a pergunta-chave é: estamos expostos a elas? Se o dispositivo for utilizado da forma a que se destina, a exposição será muito baixa. Por exemplo, normalmente, a placa de circuito do seu telemóvel não toca na sua pele.

Mas existem algumas substâncias químicas perigosas, como alguns ftalatos e alguns retardadores de chama, que podem ser libertados dos dispositivos eletrónicos para o ar e a poeira em sua casa. Também deve certificar-se de que os elimina corretamente, caso contrário as substâncias tóxicas podem ser libertadas para o seu ambiente.

A legislação da UE relativa aos produtos químicos visa limitar ou eliminar a utilização de substâncias químicas perigosas em equipamentos eletrónicos, quando existem alternativas mais seguras. As empresas também são incentivadas a substituir as substâncias químicas perigosas por alternativas mais seguras. As empresas podem obter isenções e autorizações para utilizar determinadas substâncias químicas perigosas em equipamentos eletrónicos, normalmente durante um período de tempo limitado.

Metais pesados

Atualmente, os metais pesados são essenciais na maioria dos dispositivos eletrónicos, embora as empresas inovadoras estejam sempre a procurar alternativas mais seguras. Eis alguns exemplos típicos:

  • Cádmio - utilizado em baterias de computador recarregáveis, contactos e interruptores.
  • Mercúrio - utilizado em ecrãs de cristais líquidos (LCD) de telemóveis e monitores de ecrã plano de computadores, bem como em interruptores, baterias e lâmpadas fluorescentes.
  • Chumbo - utilizado nos tubos de raios catódicos (CRT) existentes em ecrãs de computador e de televisão.
  • Crómio hexavalente - utilizado na produção de diferentes estruturas metálicas.
  • Níquel - utilizado em algumas placas de circuito de telemóveis e em soldadura.
  • Chumbo e cádmio - utilizados em baterias recarregáveis de consolas de jogos e brinquedos elétricos.

Retardadores de chama

Os retardadores de chama são utilizados para evitar ou abrandar a evolução de um incêndio. Um dos seus efeitos é proporcionar-lhe mais tempo para abandonar o local em caso de incêndio. Por isso, são substâncias muito robustas e que não se biodegradam facilmente. Permanecem no meio ambiente durante muito tempo. Os retardadores de chama podem migrar dos seus produtos eletrónicos para a poeira em sua casa. Os novos dispositivos eletrónicos também podem libertar retardadores de chama quando sobreaquecem.

Sugestões para uma utilização segura

  • Escolha produtos com um rótulo ecológico oficial. Por exemplo, os televisores, as impressoras, os portáteis ou computadores que ostentem o rótulo ecológico da UE foram fabricados com a menor utilização possível de substâncias químicas perigosas.
  • Escolha produtos com marcação CE. Esta marcação significa que o fabricante garante que o produto cumpre os requisitos de segurança definidos pela UE.
  • Utilize os produtos para os fins e nas formas descritas nas instruções do produtor.
  • Utilize o seu direito de perguntar na loja se os dispositivos eletrónicos que compra contêm «substâncias que suscitam elevada preocupação» acima de um determinado limite. Por lei, o retalhista ou o produtor têm a obrigação de o informar se o produto contiver qualquer uma dessas substâncias, bem como a forma de o utilizar em segurança.
  • Areje regularmente os quartos e tente evitar a formação de poeira em casa.
  • Não permita que as crianças pequenas mastiguem ou desaparafusem equipamentos eletrónicos.

Recicle cuidadosamente os equipamentos eletrónicos

Os materiais tóxicos dos seus dispositivos eletrónicos podem ser nocivos para o ambiente, caso não os elimine cuidadosamente.

Entregue os seus eletrodomésticos antigos e os resíduos eletrónicos na sua estação de resíduos ambientais ou de reciclagem, para evitar a libertação de substâncias perigosas para o ambiente.

Saiba mais


Route: .live2